6 estratégias de Marketing Digital para profissionais da saúde

O setor de saúde está continuamente buscando o próximo avanço tecnológico. Seja um tratamento novo e melhorado, uma instalação inovadora ou a expansão de especialidades médicas, as organizações de saúde estão sempre trabalhando para oferecer um nível mais alto de atendimento aos pacientes.

Ao contrário de qualquer outro setor, a área da saúde atende a um público amplo. E os consumidores de hoje estão se tornando mais dependentes de aplicativos e sites. Na verdade, os pacientes confiam em sites cada vez mais para tomar decisões relacionadas à saúde.

Por isso que é importante estar sempre a par do marketing digital e manter a sua empresa sempre atualizada, incluindo virtualmente. Use essas seis estratégias de marketing digital para profissionais da saúde que dessa maneira você aumentarásua credibilidade online e, claro, o número de pacientes.

Estratégia de marketing digital de saúde inclui:

  • Site fácil de navegar;
  • Blog informativo;
  • Emails com recursos;
  • Vídeos que educam e inspiram;
  • Atributos fortes de SEO;
  • Envolvendo a estratégia de mídia social.

 

6 estratégias de Marketing Digital para profissionais da saúde

 

Um site fácil de navegar

Seu site serve como o tapete de boas vindas para sua empresa. Normalmente, essa é a primeira impressão que sua empresa terá e desempenha um papel importante na decisão do paciente de escolher sua clínica ou ir para outro lugar. Por isso, você quer que a experiência do usuário (o UX) seja a melhor possível. As chances são de que, se alguém estiver em seu site, ele está procurando respostas para si ou para um parente e quer encontrar rapidamente o que está procurando para que possa agir.

Os pacientes já estão procurando online informações sobre saúde, portanto, certifique-se de que seu site seja voltado para o paciente e fácil de usar. Veja o site da Clínica Fares, por exemplo. É fácil de usar e tem uma oferta robusta diretamente na página inicial.

marketing digital para profissionais da saude

É simples para os visitantes marcarem uma consulta, saber quais são as especialidades da Clínica Fares, visualizar recursos ou tirar dúvidas. Coloque esses elementos na página inicial e simplifique a pesquisa do usuário.

 

Um blog informativo

Seu blog anda de mãos dadas com um site forte e fácil de usar. Com 1% de todas as pesquisas do Google relacionadas a sintomas médicos e 3,5 bilhões de pesquisas no Google, são 35 milhões de pesquisas médicas on-line todos os dias.

Tire proveito de todas as pesquisas com conteúdo rico do blog que fornece informações sobre condições de saúde, respostas a perguntas, dicas rápidas e conselhos que podem obter sem ir ao médico. Certifique-se de planejar seu calendário editorial em torno dos meses de saúde ou outros tópicos oportunos relevantes para sua organização.

E não se esqueça de que as pessoas se sentem confortáveis ​​ao ler sobre outros pacientes que passaram por um tratamento, uma condição ou uma cirurgia que estão enfrentando, de modo que isso pode ajudar a impulsionar os números de leitores do seu blog.

Embora você possa apresentar depoimentos em vários lugares do seu site, seu blog é um ótimo lugar para ler em profundidade sobre o sucesso de outro paciente. Em vez de clipes curtos, os blogs tendem a apresentar histórias detalhadas de pacientes em sua jornada, do diagnóstico à recuperação.

O  site da Minha Vida tem um fluxo constante de conteúdo que abrange uma variedade de problemas de saúde, ele acaba sendo mais uma revista online do que um site institucional, o foco da sua empresa não é esse, mas o site é um dos mais bem organizados que já vi nessa área da saúde.

Você pode obter várias dicas de lá. Sua navegação simplifica a navegação por tópicos de categorias de saúde, como saúde infantil ou saúde do coração. O engajamento é destacado mostrando as postagens mais comentadas do blog.

SEO área de Saude

Emails com recursos

É verdade que os pacientes procuram informações, mas o email é uma maneira de estar um passo à frente da sua concorrência. E se as informações estivessem em sua caixa de entrada antes mesmo de serem procuradas? Ao enviar um boletim informativo por e-mail pelo menos uma vez por mês, você continuará instruindo os pacientes fornecendo novos conteúdos que podem ser aplicados à sua própria saúde.

A chave é fornecer ao seu banco de dados de e-mail uma variedade de informações para melhor capturar o interesse do seu público.

Use a personalização e a segmentação por e-mail com base nos interesses e necessidades do destinatário para que eles recebam informações relevantes para eles, sempre lembrando, conteúdo de qualidade para quem vai receber.

De nada adianta um homem solteiro sem filhos, receber notícias sobre cuidados com crianças, o assunto não será interessante pra ele.

Que tal falar sobre a saúde sexual, ou como trocar hábitos alimentares? Com certeza será melhor absorvido por ele este tipo de conteúdo.

Envie um vídeo, uma postagem de blog atual ou forneça notícias do setor que forneçam aos leitores informações sobre vários tópicos. Não se esqueça de planejá-las com antecedência para que elas sejam pontuais, de acordo com o que está acontecendo em sua empresa ou no setor de saúde.

Eu assino a newsletter do Papo de Homem, os assuntos não são voltados somente para a saúde, são diversos, não é uma clínica, nem uma empresa da área de saúde, é uma revista online. Porém vou utilizá-los aqui para exemplificar um bom e-mail. Muitos conteúdos que recebo são informativos e de práticos de ler, recebo quase que diariamente e sempre leio. Informação vale mais que Bitcoin nos dias de hoje.

Um sobre saúde que recebi há pouco tempo é este abaixo sobre depressão:

Para quem quiser ler essa newsletter, clique aqui!

Vídeos que educam e inspiram

As audiências estão cada vez mais inclinadas para o conteúdo visual. De acordo com o Wordstream, um terço da atividade online é gasto assistindo a vídeos. Se você puder colocar seus médicos, ou você mesmo diante das câmeras falando sobre sua área de especialização, isso inevitavelmente aumentará sua credibilidade e conquistará uma audiência que está por aí procurando os conhecimentos que seus médicos têm.

Esta série de vídeos é de um médico que conheci pelo Facebook, Dr. Juliano Pimentel. Você já deve ter visto alguma dica dele pelo Facebook.

Assistir a um médico em um vídeo descrevendo uma condição ou procedimento pode fazer com que o paciente se sinta mais à vontade com o que está vivenciando, especialmente se ele estiver procurando esse médico para tratamento.

O vídeo pode fazer com que o paciente sinta que já conheceu o médico e aumentou seu nível de conforto ao ver suas expressões faciais, maneirismos e até mesmo ouvir a voz. Tudo isso engloba o nosso psicológico sem percebermos. Você sente que conhece melhor a pessoa, isso te deixa mais tranquilo, por isso o vídeo é MUITO importante.

Como o blog, outro local apropriado para depoimentos está nos seus recursos de vídeo. A única coisa melhor do que ler sobre a experiência de outro paciente é vê-lo em ação por meio de vídeo e ouvir o médico, o paciente e os familiares descrevendo a experiência do começo ao fim.

O vídeo é uma ferramenta poderosa; a estrutura de iluminação, música e história trabalha em conjunto para extrair emoção ao contar a história de uma forma que um blog não consegue. Esses elementos podem evocar sentimentos de paixão, esperança, coragem, medo e muitos outros que a palavra escrita não consegue captar.

 

Atributos fortes de SEO

Você pode ter o site, as postagens de blog, e-mails e vídeos mais interessantes e informativos, mas de que adianta eles se não forem encontrados? Por meio do processo de otimização do mecanismo de pesquisa (SEO), você pode aumentar a qualidade e a quantidade do tráfego orgânico centralizando seu conteúdo em palavras-chave específicas que seus pacientes realmente usariam em suas pesquisas.

Se você é um hospital com várias linhas de serviço, você vai querer fazer alguma pesquisa palavra-chave com uma ferramenta de busca de palavras-chave para determinar as de melhor classificação de usar em cada página.

Você deve procurar quais palavras-chave estão direcionando tráfego para seu site, bem como para seus concorrentes. Existem diversas ferramentas para isso. SEMRush, AHRefs, Keywordtool, entre muitas outras (essas são as que mais confio).

Usando esses resultados, escolha uma palavra-chave com menor pontuação de dificuldade (por isso, não será difícil classificá-la) com um volume de pesquisa alto. Desenvolva seu conteúdo com base nessa palavra-chave e trabalhe no seu copywriting. Para otimizar uma página em torno de uma determinada linha de serviço, você precisa incluí-la no título da página, H1, meta descrição, URL, tags de imagem alt e dentro da cópia do corpo da página. Você pode criar conteúdo em torno dessa mesma palavra-chave e subtópicos relacionados e vincular a essa página.

Digamos que a sua palavra-chave seja “nutricionista em Campo Grande”, alguns subtópicos podem ser sobre alguma consulta com um nutricionista, hábito alimentar, obesidade, nutrição comportamental e etc. Elas todas vão ser ligadas ao Nutricionista em Campo Grande. (Isso é chamado de LSI).

Palavras-chave são importantes, mas devem parecer naturais no restante do artigo. Evite o uso excessivo da palavra-chave na página; O Google irá penalizá-lo por “keyword stuffing” (recheio de palavra-chave em tradução livre) se sua palavra-chave aparecer muitas vezes. 

 

Não esqueça que para todo esse processo você pode contar comigo para executá-lo, basta entrar em contato comigo que analiso seu site e discuto sobre a melhor estratégia para alavancar e trazer mais pacientes para sua clínica.

 

Envolvendo a estratégia de mídia social

Se sua organização de saúde não estiver nas mídias sociais, você está perdendo uma grande oportunidade de se conectar com seu público. A mídia social é uma excelente ferramenta promocional quando usada corretamente.

Na verdade, 60% dos usuários de mídias sociais têm maior probabilidade de confiar em postagens de mídias sociais e atividades de médicos de qualquer outro grupo, de acordo com o Infographics Archive. Portanto, planeje seus posts com sabedoria – certifique-se de que eles sejam escritos com antecedência e ofereçam uma variedade de conteúdo na sua página. Uma presença na mídia social expande seu alcance para os pacientes.

O HPlas tem vários elementos necessários para uma estratégia de mídia social bem-sucedida no Facebook. A única coisa que senti falta durante minha navegação foi um botão para ir direto ao site do hospital, e no site eu poder marcar uma consulta (experiência do usuário, lembra?).

O hospital compartilha vídeos, postagens no blog destacando sua equipe cuidando de pacientes, eventos futuros e dezenas de avaliações positivas de pacientes.

 

Tudo junto e misturado

Uma estratégia de marketing digital para profissionais da saúde é mais eficaz quando é gerenciada de forma simplificada, onde cada componente está em sincronia um com o outro, em vez de espalhadas. Eu sou fã de planilhas de gerenciamento (uso diversas de vários estilos que vou adaptando conforme meu cliente precisa).

Todas informações são compartilhadas com ele pelo Google Drive, assim ele obtem em tempo real toda organização do meu trabalho. Seja uma planilha de Gerenciamento de Conteúdo ou dados sobre backlinks e parcerias, o cliente sempre estará ciente de cada passo, assim a organização fica impecável.

Isso ajuda a rever os esforços anteriores e facilita o planejamento de estratégias futuras. Softwares podem apoiar seus esforços de marketing por meio de atualizações contínuas para ajudá-lo a atender melhor ao setor de saúde e aos usuários que você está tentando atrair.

É isso, esse são as 6 estratégias essênciais para profissioais da saúde a serem botadas em prática para atrair mais pacientes e ganhar notoriedade online.

Ficou com alguma dúvida? Escreva nos comentários abaixo ou entre em contato comigo, vamos alavancar sua empresa da melhor maneira possível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *