Reduzindo seu marketing digital devido ao COVID-19? Leia aqui antes

Aqui estão alguns conselhos sobre como trabalhar com contas de pesquisa paga e atento ao seu conteúdo durante esse período de incerteza.

Na semana passada, pesquisei números do desempenho real de 10 sites diferentes em 10 setores diferentes que estão sofrendo impactos da pandemia do COVID-19. Enquanto algumas empresas que atendem a “necessidades essenciais” estão subindo, a maioria vê queda de desempenho de -20% ou pior em relação a apenas duas semanas atrás – e isso está acontecendo com muitos dos meus clientes.

Veja aqui um exemplo básico. Comparei a tendência de buscas de “comprar passagem” com “máscaras respiratórias”, veja o resultado:

comparativo covid-19

 

Com uma perda repentina e inesperada de receita, muitas empresas estão sendo forçadas a rever sobre como podem cortar orçamentos e maximizar a eficiência.

Mas o que isso significa para vários investimentos em marketing digital? 

O Google disponibilizou aqui a porcentagem de pesquisas feitas em local onde exisitia uma maior concentração de pessoas, separado por setor (e estado). Veja abaixo, por exemplo, o estado de São Paulo, o epicentro do Covid-19:

mobilidade pelo GoogleApenas o número de pesquisas feitas em locais residenciais aumentou, claro.

Nessa última semana li sobre o que os profissionais disseram sobre como podem, apesar de tudo, maximizar os resultados neste momento de incerteza.

 

Cuidado! Seus dados podem não estar 100% certos

Antes de abordarmos as recomendações de locais individuais, vamos saber como medi-las. Entenda que, tráfego interno não é interno. Com muitos funcionários trabalhando remotamente no momento, isso pode influenciar seus dados de análise digital!

Seu filtro típico não captura pessoas trabalhando remotamente, a menos que estejam usando uma VPN ou outra conexão de rede remota. Isso significa que seus funcionários podem ser contados em suas métricas de análise, na maioria dos casos, se for um negócio online.

 

Reduzir a pesquisa paga e as mídias sociais? Ou prepare-se para o gerenciamento diário

No meio dessa pandemia de COVID-19, a demanda de pesquisa diminuiu. Se o produto ou serviço da sua empresa não for considerado uma “necessidade essencial“, você pode considerar reduzir seus gastos em mídia paga.

Deixar de reduzir os gastos pode fazer com que até as campanhas mais lucrativas se tornem negativas para o retorno sobre o investimento em anúncios. Faça tudo com cuidado se você souber que seu produto / serviço não é a principal prioridade para seus consumidores no momento.

Por outro lado, os lances em muitos setores são mais baixos do que nunca. Isso provavelmente ocorre porque os anunciantes fazem menos lances e cortam seus orçamentos. Mas se sua empresa está vendendo produtos / serviços que ainda têm demanda no momento, você deve maximizar os gastos com anúncios. Apenas certifique-se de acompanhar de perto o seu ROI.

Como as taxas de conversão, CPMs e CPCs estão em fluxo, você provavelmente precisará estar mais ativos do que o normal. 

Caso não saiba o que isso significa, clique aqui e leia mais sobre.

No lado da pesquisa, se você estiver usando lances inteligentes, considere mudar para o lance manual ou, no mínimo, reavaliar sua configuração de CPC máximo, para levar em consideração as alterações no cenário. 

No social, com mais pessoas em casa utilizando mídias sociais, você pode aumentar significativamente o alcance de seus públicos-alvo com melhor desempenho. Esteja pronto para alterar o orçamento, alterar os lances e ajustar suas campanhas diariamente.

 

Maximize o Mail Marketing

O email é barato, E eficaz. Considerando que você não pode impactar a demanda de pesquisa, o que pode reduzir a pesquisa / mídia paga, você poderá recuperar uma escala com as campanhas de email. 

Para alguns setores, é tão simples quanto lembrar aos clientes que, apesar de que as lojas físicas e móveis estarem fechadas, elas ainda podem atender todas as suas necessidades online.

Fique atento à seriedade da pandemia de COVID-19 e garanta a seus clientes que você está aqui para ajudar. Não é hora de vender ou promover “ofertas” especiais do COVID-19.

Alexandra McPeak, estrategista de conteúdo da Klaviyo, agência americana voltada para eCommerce, escreveu um post sobre a comunicação com empatia durante o Coronavirus:

“Embora você possa oferecer frete grátis aos clientes, criar o seu código de desconto ‘COVID19’ ou ‘coronavirus’ não é como você deseja representar sua marca quando se trata de transmitir assuntos sensíveis”.

Concordo totalmente.

O e-mail provavelmente não compensará todas as perdas de desempenho recentes, mas as marcas que mostram valor e respiram confiança de seus clientes pagam dividendos quando os tempos são mais certos.

 

Continue fazendo SEO e marketing de conteúdo.

Como a pesquisa paga, as equipes de todos os lugares estão vendo perdas de desempenho no canal orgânico devido a uma queda na demanda geral de pesquisa. Ao contrário da pesquisa paga / social, minha recomendação é continuar sua execução nos esforços de SEO e marketing de conteúdo.

Ao analisar uma dúzia de sites cujo desempenho orgânico caiu, a maioria possui classificações de palavras-chave que nã caíram de posição – Um cliente meu alcançou a rimeira posição para uma palavra-chave muito competitiva. 

O Google Search Console também mostra uma queda considerável nas impressões de pesquisa, apesar das classificações permanecerem as mesmas. Isso também valida que esse não é um problema de classificação / SEO, mas uma queda na demanda de pesquisa devido ao COVID-19.

Você também deve otimizar o Google Meu Negócio de sua empresa, leia aqui 4 dicas simples.

“Se você optar por reduzir os gastos em seus esforços de SEO e de marketing de conteúdo, arriscará significativamente seus rankings orgânicos.”

Quando a demanda de pesquisa retornar (e irá!), você ainda direcionará um tráfego consideravelmente menor do que antes do início da pandemia do COVID-19 (tudo por que não manteve o trabalho de otimização no site e posições acabarão sendo perdidas). No momento, é vital manter – se não crescer – sua campanha de SEO.

Eu acredito que as empresas que continuarem executando suas campanhas planejadas de marketing digital e, sendo mais específico, seu conteúdo planejado e estratégias de conversão em torno do SEO como um canal de aquisição, estarão prontas para uma recuperação mais rápida (e mais eficaz) quando alcançarmos o outro lado dessa pandemia. 

Então, se você tem um site, continue fazendo SEO, não falo isso apenas por ser um consultor SEO, digo isso pois quando tudo passar, seu site continuará bem ranqueado e tendo muito mais visitas enquanto o seu concorrente que decidiu parar, perdeu várias posições, tendo uma dificuldade muito maior de se reestabelecer e estar entre os primeiros. É puramente o pensamento a longo prazo.

 

Mantenha-se seguro, seja gentil e comercialize com eficiência

Em um momento de incerteza, as empresas precisam priorizar a segurança dos consumidores e funcionários. Seja gentil e ciente da situação. As marcas que fazem isso melhor, sem dúvida, se recuperam mais rapidamente quando a pandemia da COVID-19 se retrair. 

Eu estou produzindo mais conteúdo com dicas de como (e por que) melhorar seus resultados orgânicos agora, para que no futuro a recueração seja a mais rápida possível.

Todo dia analiso números e dados de diversos sites de diversos tamanhos e com isso estou traçando estratégias para cada tipo de nicho, tanto para o que está sofrendo, como para o que está em alta.

E estou me dedicando para fazer um conteúdo bem informativo e fácil de ler, para que seu negócio possa se reerguer com todas essas estratégias.

Até lá, fique em casa e conta pra mim nos comentários qual sua área de atuação, isso me ajuda a selecionar o conteúdo exato que você quer ler.

Um abraço (online!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *